Device

Programas de Residências Médicas em Saúde

Os Programas de Residência Médica (RM) são regulamentados, credenciados e fiscalizados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) da Secretaria de Ensino Superior (SESu) do Ministério da Educação (MEC), e pelas comissões estaduais (CEREM) e locais (COREME), com composições, atribuições e competências definidas por regulamentação federal e regimento interno. É concedido aos profissionais residentes, a título de bolsa, o valor mensal bruto de R$ 3.330,43 (três mil trezentos e trinta reais e quarenta e três centavos), por um período de 24 meses, pela instituição proponente do programa.

As Comissões de Residência Médica assumiram a missão de promover a formação de profissionais para desenvolver habilidade com competência na área de saúde da população, tendo em vista uma assistência que atenda integralmente aos princípios do SUS e com o propósito de contribuir para o aumento do índice de profissionalização, além de ofertar aos usuários do SUS um profissional qualificado para prestar uma assistência com qualidade, atendendo desta forma ao modelo assistencial e ao conceito ampliado de saúde.

Os cenários de práticas dos programas de Residências Médicas possibilitam o desenvolvimento de competências para uma prática colaborativa em saúde no contexto do SUS. A técnica agregada a um conhecimento mais amplo, tem ajudado os profissionais de saúde a superar desafios e a romper concepções de saúde fragmentadas e isoladas. Esses profissionais passam a ter uma percepção mais abrangente, dinâmica, crítica, reflexiva e integrada à saúde.